Páginas

Torta de sardinha e Fernanda Reali

Eu não sou de postar minhas aventuras na cozinha, porém vou começar uma nova "tag", se ninguém morrer daquilo que eu cozinho hehehehehe 
Brincadeirinha. Não sou nenhuma cozinheira de mão cheia, mas há tempos eu cozinho sim, e com elogios daqueles que provam as minhas delícias.
Como alguns já sabem aqui, eu sou católica. Esta semana é, para nós católicos, muito especial, pois celebramos na Liturgia a Paixão, Morte e Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo.
Com isso, hoje na minha igreja houve um retiro paroquial e combinamos de fazer um lanche partilhado.
Passava das 17h e eu não tinha ideia do que levar,  então me lembrei da tortinha de atum da minha querida Fernanda Reali, pois eu acreditava ter duas latas de atum no armário. Fernanda Reali você conhece, claro, olha a tortinha dela aqui: Fernanda Reali _ tortinha.
Então, e não é que o atum sumiu do armário... Fiquei nervosa e resolvi fazer uma outra receita que eu já sabia, mas com sardinha, afinal a da Fernanda eu ia experimentar e, claro, levaria mais tempo por ser a minha primeira vez.
Bom, ficou deliciosa, pelo menos eu só recebi elogios, inclusive de quituteira, hein. Vou mostrar o PAP a vocês.


Receita da Massa:

3 ovos,
1/4 da xícara de chá de óleo
1 1/2 xícara de chá de leite
2 xícaras de trigo
1/4 da xícara de chá de parmesão ralado
sal a gosto

Receita do Recheio:

cebola e alho para refogar (1 colher de sopa)
2 colheres de sopa de óleo
1 cenoura grande ralada
2 tomates grandes picados, sem semente
2 latas de sardinha em molho de tomate
4 colheres de sopa de azeitona picada
1/2 lata de milho em conserva
1 lata de ervilha em conserva


Vamos lá?

Começando pelo recheio, rale a cenoura.






Aqui eu mostro como guardo alho e cebola. Tenho uns potinhos assim, um de alho, outro de cebola e um terceiro de alho e cebola. Se precisar guardar por muito tempo, coloque azeite.





Doure o alho e a cebola no óleo e coloque a cenoura ralada, cozinhe por 10 minutos (pode pôr um tico de água, dica: água fervendo).




Bom, enquanto a cenoura é cozida, bata a massa no liquidificador. Uma dica: misture antes com uma colher. 








Depois de pronta a cenoura, misture os demais ingredientes do recheio e refogue por uns 5 minutos.







Acenda o forno. Bata mais uma vez a massa e unte a travessa. A minha tem 25 cm de diâmetro. Unte bem e polvilhe trigo.






Espalhe metade da massa. Coloque o recheio. Depois cubra o recheio com o restante da massa.
Bom, o forno deve estar entre 180º e 200º graus. Então, asse por 40 minutos. Vale aquela do palitinho pra conferir, ok. Olha aqui a torta entrando no forno.






A torta deliciosa saindo do forno.






O copinho de vidro das ervilhas indo pro molho pra sair o rótulo. Porque nenhuma blogueira que se preze desperdiça esse futuro castiçal pintadinho com tinta vitral ;)








Bom, a torta foi um sucesso. E ficou uma delícia, sem modéstia!

Besos, besitos.

Flavinha

16 comentários:

  1. Obrigada por lembrar de mim, amoooo! Adorei a cenoura raladinha, tenho aqui duas latas de sardinha e vou testar a tua receita. Na minha eu troquei o óleo por maionese 0% colesterol, porque as minhas taxas nao foram boas nos últimos exames.

    Tua torta ficou linda e piterestei para fazer logo

    http://pinterest.com/pin/246994360783765531/

    Comprei na Multicoisas um trequinho chamado Tira Grude. Duas gotinhas e a gente arranca os rótulos dos vidros. É caro, 12 reais, mas dura bastante!

    Beijoooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagina, você é uma grande inspiração. Ótima ideia a da maionese. Se cuida, menina. Bjka.

      Excluir
  2. Hummm.. fiz uma parecida hj, com sardinha! Eu não refogo os legumes! Eles ficam com gostinho de cru, q eu amo!! Mas essa daí tb deve ter ficado muito gostosa!

    Beijinhos,

    Luiza Mallmann
    decorarsustentavel.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ficou sim, Luiza. Eu também já fiz com a cenoura crua. Hoje refoguei porque não sabia se as pessoas iam gostar do cru. bjka, obrigada

      Excluir
  3. Vou te falar um negocio, nao sou fa de peixe algum... muito menos de sardinha, mas essa sua torta ta com uma cara tao boa que sou bem capaz de experimentar...
    tb sou catolica e aqui em casa to num dilema... oq fazer essa semana pra evitar comer carne?... o X da questao... rsrs
    bjim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adriana, que tal uma massa ao molho 4 queijos? Hum? Experimenta. Boa Páscoa. Bjus

      Excluir
  4. Acabei de chegar com mmmuuuiiitttaaa fome e essa torta me deixou com água na boca ... hummm deve ser deliciosa, parabéns!
    bjs
    Sueli
    cantodasartes-sueli.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada, Sueli, experimenta, é rápida! bjka :)

      Excluir
  5. Mais bah !! Flavinha
    Vou já "colar" tua receita e fazer amanhã mesmo.
    Se lembrar tiro foto e mando para tu veres.
    Grande Beijo
    Mana

    ResponderExcluir
  6. Vim desejar:
    Votos de Boa Pascoa :))
    Jocas!!

    ResponderExcluir
  7. Ei Flavinha!!!
    Já está anotadinha para fazer hoje a tardinha..vou aproveitar que só vou trabalhar até 12:00 e vou me arriscar na cozinha!!
    Porque eu na cozinha é aventura pura!!Tem que ser colinha da receita mesmo!!!rsrs
    beijos e uma feliz páscoa para vocÊ!

    ResponderExcluir
  8. Boa dica. Eu gosto de sardinhas.
    Faço aquela da panela de pressão e até congelo!
    Vou testar essa receita.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Oi Flavinha, estou passando para conhecer o seu blog e adorei! Já estou te seguindo!

    Qdo der me faz uma visita tbm: http://dicasdonovoape.blogspot.com

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi, Flavinha.

    Copiei a receita, mas restou uma dúvida: a massa não leva fermento?
    Feliz Páscoa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não leva não, nem precisa. Fica fofinha, macia e até meio molhadinha. Obrigada.

      Excluir

Gostou? Comente aqui.






Layout por A Design